A ideia de viajar o mundo atrai pelo menos 11 de 10 pessoas que conheço. Todo mundo sonha com aquelas férias em Bali, aquele inverno branquinho em Nova Iorque ou em simplesmente colocar uma mochila nas costas e fazer o que der na telha. O mesmo número de pessoas costuma reclamar que viajar é caro demais e fica só na imaginação. E se eu te dissesse que é possível viajar o mundo sem pagar por acomodação? (Eu juro que rimei sem querer.)

Já começo dizendo que não tem nada de sensacionalista nisso e quem escreve este post é alguém que fez uso dessa “prática” duas vezes nos últimos anos. Existem muitas possibilidades para viajar sem pagar nada pelo lugar onde você está ficando – como Couchsurfing ou ficando com amigos – e a que eu escolhi foi o trabalho voluntário em troca de acomodação.

É claro que nada vem fácil ou completamente de graça: é preciso estar disposto a exercer algum tipo de trabalho em fazendas, pousadas ou hosteis por algumas horas por semana para ter onde dormir, mas a experiência definitivamente vale a pena. Se você é do tipo aventureiro, então, vai adorar.

Eu descobri essa possibilidade em 2015 através do site Worldpackers, mas existem vários outros, como o HelpX e o Work Away. Basicamente, você monta seu perfil falando sobre seu trabalho, o que você faz, o que estaria disposto a fazer e começa a enviar solicitações para os (normalmente) hosteis com vagas abertas no país para onde deseja viajar. Estes sites têm algumas taxas uma vez que você encontra um anfitrião, que podem variar de 10 a 50 dólares, e são pagas uma vez por acomodação. É claro que eu, viajante pobrinha, tenho meu próprio jeitinho brasileiro e conto um pouco sobre ele no vídeo abaixo.

Agora falando sério: não é que eu aconselhe todo mundo a burlar esses sites, mas alguns hosteis realmente não se cadastram neles, então vale a pena enviar um e-mail direto para a administração de um lugar que você acha que seria bacana ficar. Se cadastrar por um site como o Worldpackers, por exemplo, te dá muito mais segurança – eles oferecem suporte 24h caso algo não esteja de acordo com o combinado e existem diversos benefícios para quem está disposto a pagar a taxa de viagem que, vamos combinar, não é nada para quem, muitas vezes, fica um mês ou até mais sem pagar uma única noite de hospedagem e às vezes tem até café da manhã gratuito.

Entre todas as dezenas de vagas que os hosteis abrem para voluntários, estão desde cleaner até design gráfico e eu já trabalhei com promoção de eventos do hostel e fazendo o design do novo menu do bar que um outro hostel abriria. Foi uma experiência inesquecível que eu recomendo pra quem é bem mente aberta e principalmente viaja sozinho, já que é uma ótima forma de fazer amizades também. Nos dois hosteis, fiquei em quartos de equipe, o que também é uma vantagem grande.

Se você já fez este tipo de trabalho ou está curioso e quer saber mais, deixa um comentário aqui no post e vamos todos viajar o mundo sem pagar por acomodação ♥

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *