< Voltar Mayara em Sibiu Romênia

7 dicas para tirar fotos incríveis viajando solo

Já faz muito tempo desde que eu viajei solo pela última vez, mas eu sempre gostei de ser fotografada. Basicamente, sempre quis tirar fotos independente de estar acompanhada ou não.

Trabalhando em navios, também não era uma tarefa fácil ter fotos legais quando eu saía nos portos, já que muitas vezes eu saía sozinha – os horários não batiam com os dos amigos ou eles preferiam descansar do que visitar a mesma cidade pela milésima vez.

Antigamente, meu Instagram era composto de fotos de paisagens e selfies e eu não estava nada feliz com isso – queria fotos diferentes, mais bonitas, diversificar o feed mesmo.

Apesar de hoje eu ter meu marido (que tem aprendido vários truques de fotografia talvez um pouco forçadamente hahaha) que tira fotos incríveis minhas, muitas vezes tive que encarar minha vergonha pra tirar fotos sozinha.

Mayara em Vienna Austria

Aqui vão as 7 dicas para tirar fotos:

1. Deixe a vergonha em casa!

Parece uma dica boba, né? Mas quantas vezes evitei pedir pra um estranho tirar uma foto minha ou fiquei com vergonha de posicionar meu tripé e fazer poses pra ele enquanto as pessoas passavam olhando…

Comecei a colocar na minha cabeça que:

  1. Eu nunca mais vou ver essas pessoas na minha vida
  2. Fotos das minhas viagens são bem mais importantes que as opiniões delas.

Hoje em dia, é muito mais comum ver pessoas fazendo stories na rua, tirando selfies ou até posando pro tripée eu fico muito feliz que cada dia menos pessoas fiquem tomando conta da nossa vida enquanto a gente faz isso.

2. Invista em pequenos gadgets

Com o tempo, passei a comprar pequenos “equipamentos” como:

  • Ringlights (eu tenho uma nesse estilo e amo)
  • Pequenos tripés (esse é o meu!)
  • Selfie sticks com botão (eu tenho um muito parecido com esse)
  • Lentes para celular

e tudo isso fez a maior diferença.

Um tripé flexível vai te ajudar a tirar fotos em vários ângulos, uma ringlight vai te ajudar com as selfies e o bom e velho selfie stick ainda é uma opção ótima, principalmente pra fotos na horizontal.

3. Teste muitos aplicativos de edição de fotos

Edição de foto é 50% do negócio, juro! Baixe todos aplicativos que você encontrar e teste até encontrar um que não diminua a qualidade das suas fotos e ainda entregue uma foto mais bonita.

Eu recomendo o Lightroom (gratuito para celular e pago para PC – eu, atualmente, pago R$43/mês no pacote com ele, o Photoshop e outras ferramentas de design) e não recomendo o VSCO, apesar de ter sido super famoso por um tempo, ele diminui a qualidade das imagens. Nesse carrossel, eu mostro 5 apps que uso hoje.

E um lembrete: editar fotos não é encher de filtros e blur até você estar irreconhecível – é ajustar alguns tons, contraste, brilho e detalhes.

4. As pessoas não se incomodam de tirar uma ou duas fotos pra você, viu?

Eu, pelo menos, não me importo de tirar fotos para outras pessoas e às vezes até me ofereço, se noto que elas estão com dificuldades em acertar o shot.

Se eu estou num ponto turístico, tento notar outras pessoas que estejam tirando fotos sozinhas ou alguém que tenha um equipamento melhor, porque normalmente eles sabem fotografar melhor que uma “pessoa comum”.

E lá vou eu, bem linda, com meu celularzinho, pedindo uma foto.

5. Pesquise ideias de poses e locais

Tumblr e Pinterest são sites ótimos pra isso, além do Instagram, é claro.

Pesquise lugares que não sejam tão populares entre os turistas e tente replicar as poses mais legais.

6. Aprenda o básico das técnicas

Já ouviu falar em regra dos terços? Golden hour? Você precisa saber sobre isso!

Regra dos terços: sabe como sua câmera muitas vezes tem umas linhas guia que dividem a foto em 9 partes? Então! O ideal é posicionar seu objeto foco nos pontos de cruzamento.

Golden hour: são as melhores horas para fotografar, por conta da luz; uma hora depois do nascer do sol e uma hora antes dele se pôr.

Além disso, pesquise macetes em blogs e perfis de fotógrafos.

7. Não pense no feed, likes e comentários

Nosso maior erro, e eu super me incluo nisso, é pensar em quantos likes ou comentários a foto vai ganhar e como o feed vai ficar quando você postar. Vivemos numa era em que tudo isso pesa muito, quando não deveria.

A verdade é que os momentos mais legais e bonitos raramente são capturados e precisamos lembrar que viajar solo é um reencontro com nós mesmos, uma experiência única e extremamente pessoal.

E você, tem dicas de fotografia pra compartilhar aqui nos comentários? ⬇️

Siga e curta:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *